Os cuidados com a dengue no ambiente de trabalho

February 28, 2019

 

Qualquer local que possa juntar água limpa e parada é um foco do mosquito Aedes Aegypti. O perigo maior é em casa. Calcula-se que 90% dos focos do mosquito sejam domésticos. No entanto, existe também uma preocupação quanto a outros locais, como no ambiente de trabalho.

 

Por isso, é importante que haja a atuação das empresas na elaboração de ações para engajamento dos trabalhadores, sendo fundamental para o enfrentamento ao vetor. O combate ao mosquito pode ser incluído nas políticas de saúde e segurança das empresas, como, por exemplo, em tema de Diálogo Diário de Segurança (DDS),  clique aqui e entenda o que é.

 

Com foco na eliminação dos locais em que possam acumular água, é recomendável que o plano de ação tenha medidas de educação e mobilização dos colaboradores; além de comunicação e informação sobre a importância de manter o ambiente sempre limpo. Todas essas atitudes podem influenciar o colaborador dentro e fora das empresas.  

 

O descuido no combate ao Aedes Aegypt pode afetar duramente a vida das empresas, já que o funcionário que contrai dengue zika ou chikungunya tem que se afastar do trabalho até que esteja totalmente recuperado e o médico libere para a rotina ocupacional.

 

Com o objetivo de garantir ambientes de trabalho sempre limpos e livres de focos do mosquito, a Prevenir Medicina e Segurança do Trabalho preparou algumas dicas de locais de criadouros do Aedes Aegypti a serem observados dentro das empresas. Confira:

 

 

Área de descarte de lixos

A área de descarte de lixo precisa estar tampada e com plástico para evitar o acúmulo de água parada, evitando a proliferação do mosquito dentro das lixeiras. Outro ambiente que precisa ser inspecionado são as áreas externas da empresa. É importante que esses locais estejam sempre organizados.

 

 

Caixas de passagem de água

Os focos do mosquito da dengue estão nos lugares mais inusitados, como grelhas, ralos e esgotos. Por isso, esses locais devem passar por processo de limpeza, inclusive com a aplicação de cloro para eliminar possíveis focos do Aedes.

 

 

Calhas

Outro local que deve passar por limpeza são as calhas. Neste ponto, mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água. Vale ressaltar que o mosquito da dengue é bastante oportunista, e seus ovos podem eclodir em até sete dias.

 

 

Lajes e marquises

Assim como nas casas, as marquises e lajes das empresas precisam passar por inspeções com frequência, principalmente após períodos chuvosos. Esses locais, normalmente, acumulam água, por isso necessitam ser retiradas com esfregão e com urgência.

 

 

Caixa de água, reservatórios e depósitos de água

Apesar de serem tratados como um dos principais pontos de observação e cuidado, as caixas de água, reservatório ou qualquer local que é usado para reservar água são, em muitas das vezes, esquecidos dentro das empresas. Por isso, neste ambiente é importante estar atento e verificar se estão tampados corretamente.

 

As doenças causadas pelo Aedes aegypti se tornaram uma preocupação para a saúde pública e podem ser evitadas combatendo possíveis focos do mosquito. Seguindo dicas simples é possível combater a dengue no trabalho e manter os colaboradores seguros.

 

A Prevenir é uma empresa de medicina e segurança do trabalho. Trabalhamos com a realização de exames admissional, periódicos, demissional, etc. Implantamos e gerenciamos Programa de Promoção à Saúde, PCMSO, PCA, PPR, PPP, PPRA, PGR, EPI's, Medições de Riscos ambientais e Mapas de Risco, Laudos, além de treinamentos e palestras.


Para saber mais nos contate pelo telefone (31) 2525-0500, nosso e-mail prevenir@prevenirmg.com.br  ou através da nossa homepage www.prevenirmg.com.br.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Documento rápido: mais praticidade para o dia a dia da sua empresa

September 10, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo